Facebook Blog - Fiquemforma

Que fazem as modelos para manterem a forma?

As modelos suscitam a curiosidade de muitas pessoas, pela sua forma física, pela sua alimentação e pelo que fazem no treino.

As manequins são normalmente ectomorfas, têm uma alimentação cuidada e treinam numa base diária, sendo que as actividades físicas de eleição são a musculação, o boxe, a corrida e o yoga.

As manequins, de um modo geral, tem uma predisposição genética para a magreza. Portanto existe uma tendência natural para uma composição corporal magra.

Características dominantes nos ectomorfos:

– Ossos Longos e finos;

– Magreza.

A fisionomia de um ectomorfo é longilínea e o seu metabolismo é bastante acelerado, pelo que consome muito mais energia de que qualquer outro biótipo, seja mesomorfo ou endomorfo.

Treino Feminino, Força, indoor, massa muscular.

Para que uma pessoa com estas características possa ganhar massa muscular tem de treinar pesado e ingerir uma boa quantidade de calorias. As dificuldades para ganhar peso são muito superiores a qualquer outro biótipo.

Apesar desta característica de metabolismo acelerado, os ectomorfos se tiverem uma vida sedentária e uma alimentação desequilibrada vão ganhar gordura fundamentalmente na parede abdominal, enquanto que os braços e as pernas tendencialmente se mantêm magros.

Actividades Físicas de eleição entre as modelos

 Corrida

A corrida é usada pelas manequins como actividade aeróbica de pura queima calórica, visto que havendo condição física é uma forma controlada de elevar a frequência cardíaca e manter a queima calórica em lume brando, sem andarem em ritmos muito altos.

Musculação

A musculação tem uma importância particular na vida de uma modelo, visto que dela depende a qualidade do tecido muscular e também do tonús.

Apesar da corrida também ter um papel importante na tonificação, é uma actividade que envolve as fibras lentas, pelo que a musculação está relacionada com as fibras de contracção rápida e é importante haver trabalho de qualidade em ambas.

Yoga e Pilates

Este tipo de actividades são fundamentais como complemento das actividades onde existe intensidade, quer no recrutamento de fibras musculares com rompimento de tecido, como no caso da musculação, quer nas actividades onde existe algum impacto articular, tais como a corrida, o boxe e o muay thai. A manutenção de uma boa saúde articular é imprescindível até à própria manutenção dos treinos, evitando assim as lesões.

Natação

A Natação é uma actividade aeróbica sem impacto que pode ser uma solução para o trabalho aeróbio, apesar de que algumas modelos sentem que ficam com um tronco muito masculinizado. Depende muito da propensão especifica de cada pessoa e se tem também características de mesomorfo. Em alguns casos, apesar de a pessoa ser maioritariamente ectomorfa pode ter também aspectos de mesomorfa o que pode condicionar os treinos de natação.

Karlie Kloss, por exemplo treina com bastante regularidade combina pilates e corrida.

Doutzen Kroes opta por trabalho mais aeróbico (jumping e corrida) mas com alguma componente de força como é o exemplo do boxe.

No caso de Candice Swanepoel dá prioridade à dança, à musculação e ao boxe.

Alimentação das modelos

Apesar de haver excepções à regra as modelos, de uma maneira geral comem limpo, escolhem alimentos orgânicos e organizam a sua alimentação em torno de boas fontes de proteínas, hidratos de carbono e gorduras. A organização da alimentação para que todas as refeições tenham estas 3 fontes é fundamental para que o corpo se forneça de proteínas e gorduras boas em permanência. Onde é mais ao menos consensual haver alguma restrição é nos hidratos de carbono.

Hidratação

A hidratação é também um ponto de destaque. As manequins têm muito cuidado com a hidratação.

O que é comum à maioria das modelos?

– Pratica regular de exercício físico (treino aeróbio e de força);

– Alimentação limpa com boas fontes de macronutrientes;

– Hidratação constante.

São estes os três aspectos fundamentais do sucesso das modelos. Há diversos relatos de que as dietas altamente restritivas são péssimas para a saúde até a nível psicológico e que devem ser evitadas. Temos referido por diversas vezes que devemos comer para treinar e não treinar para comer. Naturalmente que o que pode fazer quando come demais é treinar mais, mas sempre numa lógica de gastar a energia que acumulou.

A consistência no treino, a hidratação, o descanso e uma dieta consequente são, sem margem para qualquer dúvida, a chave para o sucesso. Naturalmente que ter um metabolismo rápido também ajuda no processo de se manter magra. Já explicámos noutros artigos que deve eleger as fontes primordiais de proteínas, hidratos de carbono e gorduras e fazer todas as refeições cruzando proteínas e gorduras com mais, menos ou até mesmo sem hidratos de carbono.

As manequins de topo têm um personal trainer que é peça fundamental na organização do planeamento do treino ao longo do ano. Faz toda a diferença ter um treinador pessoal a cuidar do treino para que este possa ser consequente. No caso das manequins que tenham uma actividade física intensa praticamente diariamente é muito complicado manterem uma dieta altamente restritiva, sem hidratos de carbono, talvez por isso é que as modelos referem que as pessoas devem comer para terem saúde em primeiro lugar e só depois devem preocupar-se com a estética.

Algumas das manequins já sofreram na pele as consequências das dietas extremadas e perceberam que o próprio tónus muscular não ganha nada com isso. Fechamos este artigo com um ponto que nos parece ser o ponto fundamental para quem quer ter um corpo saudável e bem trabalhado que é a condição física. As duas coisas andam de mão dada, ter uma boa aptidão física é meio caminho andado para ter um corpo em forma, por isso a nossa sugestão é coma bem, treine bem, hidrate-se ao longo do dia, evite o stress e descanse.