Facebook Blog - Fiquemforma

Prevenir a canelite (Inflamação da tíbia)

A canelite é uma lesão mal conhecida que pode ter diversas causas. É conhecida por causar uma dor semelhante a uma algema a apertar o osso. O tratamento passa por fazer alongamentos, colocar gelo, interromper as marchas intensas e corridas até à recuperação total.

O que pode originar a canelite?

  • Ténis mal apertados
    Pois é, os ténis devem estar bem apertados para garantir que o pé está sempre estável no momento de entrar em contacto com o solo.
  • Enfraquecimento muscular do tibial-anterior
    Este músculo encontra-se no lado direito da parte da frente perna (abaixo do joelho). É muito importante que esteja bem reforçado para que o impacto não seja sentido em demasia pela tíbia.
  • Aumento abrupto da quilometragem
    As variações de volume de treino devem ser prudentes. As cargas devem subir gradualmente.
  • Mobilidade articular do pé
    A articulação do tornozelo deve estar saudável para que o impacto do pé possa ser bem distribuído. Esta condição é importante para que a tíbia não sinta demasiado o impacto quando o pé entra em contacto com o solo.

Quer na corrida, quer na marcha existe risco de canelite. Naturalmente que a corrida tem um impacto maior, uma vez que tem fase de voo, há um momento em que os dois pés estão no ar, o que não acontece na caminhada. Ainda assim, quando há uma mudança abrupta de quilómetros na marcha, o risco aumenta muito.
O alongamento do tibial anterior é quase sempre subestimado e muitas vezes o praticante ignoram que é possível fazê-lo.
Se tivermos em conta todas estas variáveis ficaremos mais protegidos desta lesão que pode demorar 3 a 4 semanas de recuperação o que causa um grande transtorno para quem não abdica do seu treino cardiovascular.

// First try loading jQuery from Google's CDN // Fall back to a local copy of jQuery if the CDN fails window.jQuery || document.write('