Facebook Blog - Fiquemforma

A Saber Viver analisou o treino online, a Fiquemforma participou.

A Saber Viver entrevistou João Paulo Canas, Personal Trainer da Fiquemforma, para desenvolver um artigo conjunto sobre as aulas de fitness em streaming. Aqui partilhamos a entrevista.
1. Há cada vez mais sites e apps com aulas de fitness em streaming. O que torna estas aulas ao vivo tão populares?
O treino on-line de um modo geral, veio criar a possibilidade de treinar fora do ginásio e resolver um problema de fundo que é o acesso ao treino, uma vez que só através do treino regular é possível atingir resultados. Existe uma grande frustração de quem treina e não tem resultados. Estas novas possibilidades acabam por dar resposta às necessidades das pessoas que não conseguem manter um padrão de idas ao ginásio suficiente para atingir objectivos, daí a popularidade crescente do treino on-line. 
2. Quais são os benefícios? 
O maior benefício é aumento das possibilidades de prática. As pessoas não se restringem ao ginásio, passam a conceber treinar no domicílio e nos espaços públicos. Sabendo que só é possível alterar a composição corporal quando se treina 4 horas e 10 minutos, por semana, o aumento das possibilidades de prática através do treino on-line permite que, entre segunda-feira e domingo, de todas as semanas, o praticante possa ter a regularidade necessária que lhe permita obter resultados.
Temos vindo a desenvolver essa experiencia na Fiquemforma uma vez que os nossos Personal Trainers dão treinos em casa dos clientes; ao ar livre e planeiam on-line os treinos que os clientes realizam sozinhos.
Nota: A referência de tempo de treino semanal é do A.C.S.M. (Colégio Americano para a medicina desportiva) como apresentamos num post no nosso blog.
3. Há vantagens, mas também desvantagens. Quais são?
As aulas em grupo no ginásio, ou em streaming são aulas massificadas, padronizadas e criadas para um aluno tipo (abstrato) que na verdade não existe. Para uns serão demasiado difíceis, para outros demasiado fáceis.
A maior desvantagem prática, em ambos os casos, é a ausência de intervenção directa do treinador na correcção dos erros dos praticantes e consequentemente o risco de lesão. No modelo conceptual preconizado pelas aulas de grupo nos ginásios, os treinadores ficam no “palco” e não vão ajudar o aluno a executar correctamente o que é pedido. Nas aulas em streaming as correcções são impossíveis.
Neste sentido, a ausência de um planeamento adequado às necessidades e possibilidades de cada praticante e do grupo, bem como a impossibilidade de serem feitas correcções junto do aluno são as maiores limitações destas aulas.
4. Acha que estas aulas podem substituir completamente um ginásio?
Cada praticante é uma realidade própria, com as suas características morfológicas, cardiovasculares e passado desportivo. As aulas em streaming não têm em linha de conta a individualidade e por essa razão as aulas podem tornar-se muito difíceis ou muito monótonas, dependendo das capacidades individuais.
Julgamos que o conceito de treino no domicílio e outdoor com o recurso a uma plataforma on-line, como a Fiquemforma, pode sim substituir os ginásios, pelo menos é essa a apreciação que fazemos do contacto que temos diariamente com os nossos clientes que, há diversos anos desenvolvem a sua prática desportiva nestes moldes, com resultados concretos.
Na plataforma de treino online da Fiquemforma planeamos os treinos dos praticantes individualmente, tendo em conta o seu histórico clinico, avaliação física, materiais e espaços disponíveis. Temos um serviço on-line e/ou de personal trainers ao domicílio ou Outdoor. 
5. Quais são os principais cuidados a ter quando fazemos aulas em casa? Como prevenir lesões e garantir que fazemos os exercícios da forma mais correcta?
É fundamental respeitar a fase de aprendizagem dos exercícios para que os possa realizar em segurança. O aluno nunca deve insistir em realizar exercícios com dor articular. Por outro lado, os praticantes nunca devem menosprezar a fase do aquecimento, nem a fase dos alongamentos. Existem plataformas como a da Fiquemforma, que oferecem a possibilidade ao praticante de ter em vídeo, em fotografia e em descrição técnica todos os exercícios que fazem parte do plano de treino e inclusivamente tirar duvidas com o treinador.
6. Considera que esta é uma forma de treino popular em Portugal? Acha que há muitas pessoas a aderir ao treino em casa com recurso ao tablet/telemóvel/pc?
Cresce efectivamente o número de pessoas que treinam em suas casas e na rua, recorrendo a plataformas de treino on-line.
A deslocação ao ginásio, por vezes, é o que impede as pessoas de irem treinar e sem a regularidade necessária está sempre a perseguir o objectivo sem nunca o atingir, de facto.
Muitos dos praticantes de exercício físico, apesar de fazerem exercício, não deram ainda um salto consistente, com resultados mensuráveis, em termos de condição física e em termos de composição corporal.
Na minha opinião, as pessoas só vão atingir resultados quando realizarem 250 minutos de treino vigoroso, por semana e quando tiverem um plano de treino personalizado adequado às suas características e para isso é fundamental ter um treinador a fazer esse trabalho.
7. Quais os melhores sites/apps para quem quer fazer aulas de grupo no conforto do lar?
Não consigo responder-lhe, uma vez que não os conheço todos. Posso dar-lhe o exemplo da Fiquemforma que disponibiliza programas de treino on-line personalizados para quem quer atingir resultados de redução de peso, aumento de massa muscular, corrida e trx. Creio mais no conceito da Fiquemforma, uma vez que os treinos são desenvolvidos de forma personalizada, com base nas características clinicas e morfológicas de cada praticante.
Personal Trainer Online, Exercício físico em casa, ficar em forma na sala de estar, Plano de Treino Online