Facebook Blog - Fiquemforma

10 alimentos que ajudam a perder barriga

Naturalmente que as duas vias saudáveis para modificar a composição corporal são o exercício físico e a alimentação saudável. Quer num campo, quer no outro é importante saber o que fazer.

Exercício Físico

Em relação ao exercício é fundamental fazer 250 minutos de treino por semana. As recomendações neste sentido são muito claras e realmente quando são cumpridas os resultados aparecem. A redução do perímetro abdominal tem diversos benefícios, desde logo a redução da gordura visceral que é um dos factores de risco cardiovascular.

Destacamos alguns alimentos

Existem 10 alimentos que aconselhamos vivamente, quando integrados numa dieta equilibrada.
Feijão, Aveia, Ervilhas, Lentilhas, Tanjerina ou Laranja, Grão-de-bico, Maçã, Manga, Ananás / Abacaxi e Cenoura. Os alimentos ricos em fibras e vitaminas são imprescindíveis a uma boa saúde. O funcionamento do sistema digestivo beneficia bastante deste tipo de alimentos. Até quando já faz uma alimentação rica em proteínas, como aconselhamos sempre, essa mesma dieta deve também ser acompanhada por fibras, visto haver ainda uma maior necessidade nesse sentido. A alimentação saudável deve ocorrer com consistência, não é algo que deva ocorrer pontualmente. O nosso organismo funciona muito por sinalizações, mas para que consigamos comunicar uma sinalização ao nosso organismo devemos ser consistentes. É fundamental dormir 7 a 8 horas por dia e beber cerca de 1 litro de água por cada 30 Kg de peso.

A alimentação é sinalização?

Quando ingerimos de forma consistente alimentos com a intenção de regular o organismo no sentido de o desintoxicar e melhorar o sistema muscular, estamos sem dúvida a dar comandos ao organismo nesse sentido. Se houver um padrão repetido de meses com determinados alimentos, nomeadamente os alimentos ricos em fibras vamos efectivamente reduzir a percentagem de gordura e vamos conseguir regular o nosso sistema digestivo, de forma duradoura. A sinalização que é feita é precisamente entendida pelo organismo para desintoxicar e naturalmente, ao fazer esse processo o organismo vai harmonizando a percentagem de gordura para valores normais. Ao ter uma percentagem de gordura baixa, o organismo vai conseguir naturalmente produzir hormonas que vão proteger o tecido muscular e se houver estímulo por via do treino de força pode ocorrer o desenvolvimento desse mesmo tecido muscular.

// First try loading jQuery from Google's CDN // Fall back to a local copy of jQuery if the CDN fails window.jQuery || document.write('